Era o desfecho esperado para uma novela que já se arrastava há várias semanas. Antonio Conte terá sido esta quinta-feira despedido do Chelsea, abrindo caminho à chegada do também italiano Maurizio Sarri, que na temporada passada orientou o Nápoles.

A confirmar-se esta decisão dos blues, Conte deixa Stamford Bridge depois de duas temporadas, nas quais conquistou uma Premier League (2016/17) e uma Taça de Inglaterra (2017/18). Conquistas que, ainda assim, foram insuficientes na ótica do exigente bilionário russo Roman Abramovich.

Autor: Fábio Lima