Jadon Sancho pode deixar Manchester City em maus lençóis

Clube inglês terá pago a agente quando jogador ainda era menor

• Foto: EPA

Poucos dias depois de o Chelsea ter visto a FIFA impor-lhe uma sanção que proíbe de contratar jogadores até ao verão de 2020, outro clube inglês corre o risco de enfrentar uma punição similar. Falamos do Manchester City, que segundo a 'Der Speigel' estará a ser investigado pela FA na sequência de um pagamento feito ao agente Emeka Obasi, empresário que gere a carreira de Jadon Sancho, isto quando o extremo inglês tinha 14 anos.

De acordo com a revista, os citizens justificam o pagamento a Obasi como "trabalho de observação de jogadores", mas a FA não estará convencida e avançou para a investigação, por suspeitar que esse pagamento terá servido para garantir a contratação do jovem, que na altura atuava no Watford. Uma irregularidade que se explica pelo facto de até aos 16 anos nenhum jogador poder ter empresário, algo que Sancho e o Manchester City poderão ter violado.

Sancho, refira-se, atuou apenas duas temporadas nos citizens, sem nunca ter representado a sua equipa principal, antes de se mudar para o Borussia Dortmund, onde esta temporada 'explodiu', com oito golos em 23 partidas de Bundesliga, prova na qual é uma das grandes sensações.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0