Mourinho e os insultos: «O Judas é o número 1»

Treinador respondeu aos cânticos dos adeptos do Chelsea

• Foto: Reuters

José Mourinho respondeu aos adeptos do Chelsea que durante o jogo com o Manchester United tinham entoado cânticos contra o português. "Judas" foi um dos nomes mais chamados ao técnico dos red devils, mas Mourinho respondeu à letra.

"Podem chamar-me o que quiserem, sou um profissional. Defendo o meu clube e, até terem um treinador que ganhe quatro campeonatos, serei o número 1. Quando tiverem alguém que ganhe quatro campeonatos, então serei o número 2. Mas neste momento o Judas é o número 1", referiu o treinador no final da partida.

Mourinho lembrou ainda que os red devils estão na Liga Europa, ao passo que o Chelsea joga apenas competições internas: "A única questão é que nós estamos nas competições europeias e eles não. Podiam estar, porque quando saí do clube deixei-os na Liga dos Campeões, vencedores do grupo e qualificados para a fase a eliminar. Por isso se tivessem ganho a Champions no ano passado estariam agora a jogar na Europa. Não tenho culpa. A culpa é de quem ficou cá e não se qualificou para a Liga dos Campeões".

Por Luís Miroto Simões e João G. Oliveira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.