Luís Campos revela o que faz falta ao Manchester United

Diretor desportivo do Lille falou da situação dos red devils e lembrou José Mourinho

• Foto: Miguel Barreira 

Atualmente diretor desportivo do Lille, clube no qual tem feito um trabalho que tem merecido elogios de vários quadrantes, Luís Campos abordou esta terça-feira a situação do Manchester United, considerando que aquilo que tem feito falta aos red devils neste recente período conturbado passa essencialmente pela ausência de uma figura com um cargo idêntico ao seu. Campos suporta a sua teoria por aquilo que observou enquanto José Mourinho esteve no cargo...

"Falo com o Mourinho todos os dias, às vezes até diariamente, e o que vi nessa altura é que ele teve dificuldades porque o clube tem outra cultura, algo que respeito, claro. Mas se um treinador está sozinho, torna-se num alvo fácil e precisa de ajuda. Todos precisam de ajuda no futebol. Não podes jogar sozinho. O Manchester United é um clube com uma história fantástica e para as pessoa de todo o mundo é difícil entender o que se passou. É difícil ver este clube em dificuldades, mas elas só surgem porque tens um problema. Na minha opinião trata-se de sensibilidade. É importante trabalhar em conjunto. Desportiva e economicamente. Se não juntas estas duas coisas estás a caminho do precipício", começou por dizer, à BCC Sports.

"Conheço a situação do Manchester United e de outros clubes muito bem, mas na minha opinião todos precisam de um diretor desportivo. Isto porque um treinador precisa de tempo para preparar o próximo e também dos egos dos jogadores, por isso tem de ter alguém com sensibilidade. Se está sozinho, acabará por se tornar mais difícil. Um diretor desportivo é algo muito, muito importante", considerou.

E já que se fala na necessidade de ter um diretor desportivo, Luís Campos assume que poderia dar uma 'ajudinha': "Claro que acredito que posso akjudar o Manchester United, mas respeito as políticas do clube. É um clube com muito prestígio, mas no futebol moderno precisas de ter um diretor desportivo. Se o tiveres, terás esta tal sensibilidade. Antes o treinador era responsável por tudo, mas agora a informação chega demasiado rápido. Agora o mundo é muito diferente e tens de conhecer jogadores de todo o Mundo. É importante para um clube haver um projeto e com um diretor desportivo todos sabem para onde têm de ir".

E se o futuro passar por estar ao lado de José Mourinho, Luís Campos aceitaria ser seu diretor desportivo? A resposta é clara. "Sim, claro! O Mourinho é como um irmão para mim. Conheço-o muito bem e há muito tempo. É uma pessoa fantástica e o melhor treinador do Mundo. Por isso, sim, se me ligasse iríamos conversar sobre isso", concluiu.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.