'Marca' de Carvalhal no campeonato mais duro

Técnico chega aos 100 jogos no Championship

• Foto: Pedro Ferreira

Carlos Carvalhal cumpre hoje, diante do Cardiff, o seu jogo número 100 ao serviço do Sheffield Wednesday. O número redondo agrada-lhe por diversos motivos. "Tendo em conta que a média de permanência de um treinador no Championship é de um ano e três meses, que é um campeonato onde estiveram e estão treinadores que ganharam recentemente a Liga dos Campeões; que é o campeonato mais duro do Mundo, pela competitividade e o número de jogos, obviamente que fazer 100 jogos neste contexto é fantástico", disse o técnico, de 51 anos, a Record.

O português, que chegou ao clube a 9 de julho de 2015, está satisfeito pela marca que já deixou nos owls. "Apenas nós e o Brighton conseguimos andar constantemente nos seis primeiros nestes dois anos. Fomos ao playoff no ano passado e estabilizámos a equipa. Mas o mais importante foi termos estabelecido uma ideia de jogo, agradável e ofensiva, que as pessoas gostam, que os adversários elogiam. Reconhecem a nossa matriz e isso não é fácil de conseguir. Temos uma marca forte, uma equipa positiva, respeitada, temida pelos adversários", acrescenta.

Eleito o melhor técnico da Taça da Liga em 2015/16, Carvalhal orgulha-se de ter jogadores, adeptos e presidente do seu lado. Mas não pensa no futuro. "Venham mais cem, claro. Mas não sabemos o que nos espera e por isso não vale a pena fazer projeções. Mais cem seria o reafirmar do que temos feito."

Por Miguel Pedro Vieira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0