Marco Silva admite que o Man. City "mereceu ganhar"

Treinador do Hull City continua a acreditar na permanência na Premier League

• Foto: EPA

O Hull City confirmou aquela que tem sido a sina de Marco Silva desde que chegou ao clube. Implacável a jogar em casa, os tigers voltou a perder fora de portas - só venceram um jogo na Premier League como visitante esta época, em Swansea, logo na 2.ª jornada -, desta vez por 3-1, frente ao Manchester City. Aliás, o técnico português apenas conseguiu roubar pontos na visita ao Manchester United.

"O segundo golo foi chave, mas eles mereceram ganhar o encontro. Reagimos bem depois do primeiro golo e tivemos a oportunidade de marcar, mas depois eles marcaram logo a seguir ao intervalo e isso foi fundamental", referiu o antigo treinador do Estoril e do Sporting no final da partida no Etihad Stadium.

Quanto à luta pela permanência, Marco Silva acredita que o Hull City vai conseguir o objetivo de se manter na Premier League. "Está nas nossas mãos. Faltam seis jogos para terminar e vamos trabalhar duro. Desde que cheguei aqui estive sempre confiante e passei isso aos nossos jogadores", sublinhou o técnico português, de 39 anos.

Guardiola queria mais golos

Já Pep Guardiola congratulou-se com o regresso do Manchester City aos triunfos. "Para nós, foi importante ganhar depois de muitos dias sem uma vitória. Começámos bem, criámos oportunidades e tivémos a atitude correta. Poderíamos ter marcado muitos mais golos", sublinhou o técnico espanhol.

O responsável pelos citizens lamentou ainda o golo sofrido. "É frustrante não ter terminado sem sofrer golos, mas defendemos mal nas bolas paradas", salientou Guardiola, garantindo estar consciente que a luta pelos quatro primeiros lugares e o consequente acesso à Champions vai prolongar-se "até ao último dia" do campeonato. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.