Mauricio Pochettino: «Não se pode proibir os jogadores de beber álcool»

Treinador do Tottenham comenta caso protagonizado por Rooney

• Foto: Reuters
Wayne Rooney continua a dar que falar em Inglaterra por causa dos festejos (bem regados) no fim de semana, após a vitória da seleção inglesa frente à Escócia. Desta vez foi o treinador do Tottenham, Mauricio Pochettino, quem abordou o tema. E depois do técnico do Liverpool Jürgen Klopp ter defendido o avançado do Manchester United, Pochettino veio a público dizer que a obrigação dos clubes não passa por proibir os jogadores de beberem, mas sim educá-los.

"Tentamos dar conselhos, mas não se pode proibir os jogadores de beberem álcool. Os jogadores são adultos, não são crianças pequenas. Cabe-lhes a eles decidir. Não somos os seus pais, não controlamos o que fazem em casa. Tudo o que podemos fazer é aconselhar e ensinar-lhes que algumas bebidas não são boas e que isso pode afetar suas carreiras. Que esse comportamento pode fazer com que tenham mais lesões. Mas só podemos ensinar, não proibir", argumentou o treinador. 

Devido a este caso de Rooney, entretanto a Federação Inglesa de Futebol (FA) proibiu os jogadores de saírem dos estágios da seleção britânica para jogos internacionais nas noites que tiverem livres.


Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas