Record

Mohamed Salah perde a paciência com a federação do Egito

Ninguém responde às cartas que tem enviado com queixas de utilização abusiva da sua imagem

• Foto: Reuters
Mohammed Salah está deveras agastado com a federação egípcia de futebol. O jogador alertou em abril para o facto de a sua imagem ter sido abusivamente utilizada pelo organismo, mas foi olimpicamente "ignorado".

Em causa está o facto de uma foto sua ter sido usada por uma empresa de comunicações - patrocinadora da federação - sem a sua autorização, quando o jogador do Liverpool tem contrato com a Vodafone.

Além disso, o goleador dos reds considera que foi usado como símbolo político durante o Mundial da Rússia, quando lhe foi dado o título de 'cidadão honorífico' por parte de Ramzen Kadyrov, o controverso líder da Chechénia.

O empresário do craque egípcio enviou uma carta para a federação sobre o assunto mas não recebeu resposta. E agora, no Twitter, o jogador mostra a sua indignação: "É normal que as federações procurem resolver os problemas com os  seus jogadores, para que eles se sintam confortáveis. Mas na realidade, o que eu vejo é exatamente o oposto. O normal é que as minhas mensagens e as do meu empresário são ignoradas. Não sei por que razão isto está a acontecer. Não têm tempo para nos responder?", questiona o avançado.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

M