Record

Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Mourinho apontou-o ao topo mas retirou-se aos 26 anos: «Vivi o sonho. Muitos não têm esta oportunidade»

Izzy Brown não conseguiu recuperar de lesão no tendão de Aquiles e decidiu pendurar as chuteiras

• Foto: Getty Images
Em 2014, na sua segunda passagem pelo Chelsea, Izzy Brown foi apontado por José Mourinho como um dos mais promissores da sua geração, com a previsão até que, no futuro próximo, viria a ser figura na seleção inglesa juntamente com Lewis Baker e Dominic Solanke, outros dois miúdos que despontavam nos blues. O português chegou até a dizer que o podiam culpar se tal não sucedesse... E a verdade é que apenas um dos três se estreou na turma das três leões: Solanke, com apenas uma internacionalização. Baker atua por agora no Stoke City, ao passo que Brown foi notícia esta quinta-feira pela decisão de abandonar o futebol. Aos 26 anos.

Foi o ponto final de uma carreira que já estava parada desde finais de 2021, devido aos constantes problemas físicos. Agora, dois anos depois do seu último jogo, o (agora) antigo médio ofensivo anuncia o adeus aos relvados, numa longa mensagem deixada nas redes sociais na qual explica que a sua decisão se deveu essencialmente ao "longo ano a lidar com duas operações ao tendão de Aquiles".

"Mal comecei a andar, tive logo uma bola nos pés. Era eu, era o meu lugar feliz. Vivi o sonho que muitos não têm a oportunidade de viver e por isso estarei eternamente grato. Ter a chance de jogar o desporto que amo deu-me tantos momentos felizes. Mas também me deu imensos desafios, que não teria sido capaz de superar sem a ajuda e amor da minha família e amigos", começa por escrever o antigo jogador, que fez história quando, em 2013, se tornou no segundo jogador mais jovem a estrear-se na Premier League (com 16 anos e 117 dias, pelo WBA).

Na sua mensagem, Brown não esqueceu também quem o apoiou. "Os sacrifícios que a minha mãe e o meu avó fizeram por mim a partir dos quatro anos, deram-me a chance de viver a vida que sempre quis viver. Fazia o caminho de Peterborough até West Brom 3 a 4 vezes por semana depois da escola, apenas para me levar a treinos e jogos. Acho que a minha mãe apenas falhou um jogo na minha vida toda. Isso só mostra aquilo que podes atingir com o amor e apoio de quem está perto de ti".

Na sua memória, assume, ficarão todos os momentos que viveu, mas há alguns muito especiais. "O momento em que me disseram que ia estar no banco frente ao Chelsea, a minha estreia contra o Wigan aos 16 pelo West Brom. Depois a estreia no Chelsea, o clube no qual sonhei jogar desde miúdo. E nunca esquecerei quando conseguimos a promoção para a Premier League com o Huddersfield em Wembley. Esse será para sempre um dos meus mais felizes e melhores momentos", assumiu o jogador, que em 2014/15 teve direito a uma medalha pelo título de campeão do Chelsea por decisão de José Mourinho - fez apenas um jogo, diante do WBA.

A fechar, sem revelar o que se segue na sua vida, Brown deixa apenas uma certeza. "O futebol não me define como pessoa. Sou um pai, um filho, um irmão e um amigo e continuarei a sê-lo depois do futebol. Vivi o meu sonho e as memórias ficarão comigo para sempre. Agradeço a todos os clubes nos quais joguei por terem acreditado em mim e me terem deixado jogar o jogo que amo", escreveu, finalizando a sua nota com um último agradecimento aos fãs, pelo apoio e por terem cantado o seu nome: "Não há maior sentimento do que esse".

Izzy Brown, refira-se, esteve ligado ao Chelsea entre 2015 e 2021, mas apenas fez a tal partida diante do WBA no final do seu primeiro ano. Depois disso, enfrentou sete empréstimos, ao serviço de Vitesse, Rotherham, Huddersfield Town, Brighton & Hove Albion, Leeds United, Luton Town e, por fim, o Sheffield Wednesday. Saiu em 2021 e mudou-se para o Preston North End, mas a lesão que agora o obriga a retirar-se impediu sequer a sua estreia.

No plano internacional foi figura até aos Sub-19, tendo sido uma das estrelas da equipa que em 2017 foi campeã europeia de Sub-17 (numa caminhada na qual deixou pelo caminho Portugal).

View this post on Instagram

A post shared by IJB (@izzyjaybrown)

Por Fábio Lima
2
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas