Mourinho arrisca um mês de castigo

Treinador é reincidente em “conduta imprópria”

• Foto: Epa

José Mourinho arrisca uma suspensão de um mês fora dos estádios de futebol ingleses depois de ter sido expulso pelo árbitro Mark Clattenburg ao intervalo do jogo entre o Manchester United e o Burnley. Tudo porque, há um ano, a federação inglesa (FA) já o havia punido com uma multa de 55 mil euros, um jogo de castigo e o referido mês de suspensão – então com pena suspensa, que só seria aplicada se o treinador reincidisse na acusação de "conduta imprópria", que se repete agora.

Na véspera do jogo com o Burnley, Mourinho ficara a saber que estava de novo sob a mira disciplinar da FA por críticas dirigidas ao árbitro Anthony Taylor, por ocasião do jogo com o Liverpool. Agora, com dois incidentes em tão curto período, e atendendo ao seu passado em Inglaterra, o treinador português arrisca o maior castigo da sua carreira – ao longo da qual já acumulou um total de 13 castigos, considerando todos os clubes onde trabalhou.

A punição da FA deverá ser conhecido hoje e Mourinho terá 48 horas para o contestar. Resta saber o que fará o treinador português e, também, o Manchester United.

Contestação

Dentro do clube começam a surgir vozes críticas, a começar pelo emblemático sir Bobby Charlton, que nunca escondeu não aprovar a contratação do português, por considerar que o seu estilo pessoal não se enquadra na "tradição de fair play do Manchester".

Para a FA, os antecedentes de Mourinho e o seu silêncio após a expulsão de sábado, podem ser decisivos para um eventual agravar do castigo. Há dias, David Moyes, treinador do Sunderland, foi expulso no jogo com o Southampton e no final foi o primeiro a pedir desculpa. "Praguejei com o quarto árbitro e mereci ser expulso". Este exemplo era citado ontem nos bastidores do futebol inglês e na BBC o antigo jogador Robbie Savage questionava: "será que Mourinho está à altura de treinar o Manchester?"

Se a FA punir o português com um mês de suspensão será a primeira vez que aplica um castigo desta dimensão a um técnico.

OS PRINCIPAIS CASTIGOS APLICADOS A MOURINHO

Janeiro 2005
Multa de 5 mil libras (cerca 5.500 euros) por acusar Alex Ferguson de pressionar o árbitro na meia-final da Laça da Liga
Maio 2009
Expulso do banco no jogo Cagliari-Inter
Outubro 2010
Expulso do banco no jogo com o Murcia, para a Taça do Rei
Agosto 2011
Cinco jogos de suspensão após o incidente com Tito Vilanova, durante um jogo Barcelona-Real Madrid
Outubro 2014
Expulso do banco num jogo West Ham-Chelsea
Multa de 50 mil libras (cerca de 55 mil euros) por críticas às arbitragem (conduta imprópria, segundo os regulamentos), um jogo de suspensão e um mês de interdição de entrada nos estádios se reincidir no período de 12 meses

Por José Carlos Freitas
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas