Mourinho despacha flash interview em... 28 segundos

Técnico do Man. United com mau humor apesar de se ter apurado para a final

• Foto: Reuters

Depois de ter garantido o apuramento para a final da Taça da Liga inglesa, o treinador português do Manchester United, José Mourinho, mostrou-se pouco disposto a falar do jogo com o Hull City, que perdeu por 2-1 - os red devils apuraram-se porque venceram por 2-0 na 1.ª mão -, abandonando a flash interview ao fim de... 28 segundos.

"Quero felicitar os meus jogadores, porque foi muito difícil chegar a esta final, e agora estamos aí. Não quero dizer mais nada, porque é suficiente. Estou tranquilo, comportei-me no banco, não me expulsaram, não houve qualquer castigo, pelo que não tenho mais palavras", limitou-se a referir o técnico, visivelmente mal-disposto, ainda por cima no dia em que celebrou o 54.º aniversário.  

Após estas palavras, Mourinho abandonou a zona de entrevistas rápidas, aparentemente insatisfeito com a arbitragem de Jon Moss, que assinalou um penálti polémico contra o United, por uma falta inexistente do argentino Marcos Rojo, tendo mais tarde não marcado uma a favor do Manchester por falta cometida sobre Smalling dentro da área contrária.

Empate?

Depois, em conferência de imprensa, o técnico português foi mais longe, recusando-se mesmo a assumir que... perdeu. "Penso que 18 jogos sem perder é impressionante. Não perdemos. Ficou 1-1. Só vi dois golos. O de Paul Pogba e o (segundo) golo deles foi fantástico, uma grande jogada. Foi um grande cruzamento e o jogador (Niasse] a surgir ao segundo poste. 1-1", afirmou Mourinho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.