Mourinho "totalmente contra" os particulares de seleções

Técnico diz que não faz sentido jogar-se nesta altura

• Foto: Reuters

Há muito que se sabe da visão que José Mourinho tem dos encontros de preparação das seleções e, esta quarta-feira, voltou a expressá-la, deixando claro que, na sua ótica, a realização dos particulres não faz sentido. E explica porquê.

"Sou totalmente contra os jogos particulares de seleções", referiu o treinador do Manchester United, ao programa 'Soccer Saturday', da Sky Sports. "Acho que só faz sentido existirem antes das fases finais. A meio da temporada, misturados com jogos de qualificação, não faz sentido algum", criticou Mourinho, de 54 anos. 

Os 13 jogadores dos red devils que foram chamados para compromissos internacionais são sempre uma preocupação para o português, que nunca sabe como vão voltar dessas concentrações e, desta vez, cinco regressaram lesionados. "O jogo [de Inglaterra] foi domingo frente à Lituânia e eles [Shaw e Smaling] estavam lesionados no treino. Não percebo como é que os dois defesas estavam lesionados antes de entrarem em campo. O Pogba também está lesionado, portanto são cinco jogadores que temos de fora", frisou de forma inconformada. 

Por fim, mais uma crítica ao calendário da Premier League. "Se compararem a nossa situação com os nossos adversários, o West Bromwich, eles só tiveram um jogador de fora nos jogos particulares. Tiveram tempo para trabalhar, para descansar e para se prepararem. Vai ser difícil", admitiu, em jeito de previsão.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.