Mourinho: «Hoje o quarto árbitro diz-me para eu me sentar, senão vou para a rua»

Técnico do United volta a criticar arbitragem e abandona flash interview

A carregar o vídeo ...
E Mourinho voltou a abandonar uma 'flash interview'...

O português José Mourinho, treinador do Manchester United, voltou esta quarta-feira a deixar criticas à arbitragem, desta vez após o nulo com o Hull City, no campeonato inglês, e abandonou mesmo a flash interview.

O treinador dos red devils acusou o árbitro Mike Jones de ter sido "demasiado benevolente" com os jogadores do Hull, equipa que é comandada por Marco Silva, e falhou em diferença de tratamentos.

"Ontem (terça-feira) um quarto árbitro disse a um treinador que gostava muito da sua paixão", disse depois Mourinho, referindo-se a Jürgen Klopp, técnico do Liverpool, que revelou essa declaração em conferência de imprensa após o empate com o Chelsea (1-1). "Hoje, o quarto árbitro diz-me para eu me sentar, senão vou para a rua", acrescentou o técnico português.

Questionado sobre a razão por que acha que o árbitro tinha sido demasiado benevolente com os jogadores do Hull City, Mourinho 'atirou-se' ao jornalista da BBC e abandonou a entrevista. "Se não percebes nada de futebol, não devias ter um microfone na mão", respondeu o treinador do Manchester United.


Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.