"Muro" de Mourinho no caminho de Vardy

Leicester deposita fé no seu goleador para vencer

• Foto: Reuters

Com um Arsenal mortífero, Wenger assumiu o ‘poder’ na Premier League e só pode ser destronado nesta jornada pelo Leicester, mas, para isso, a equipa de Ranieri tem de superar hoje o Chelsea do arquirrival Mourinho. Os golos de Giroud – carrasco do Olympiacos de Marco Silva na Champions – e Ramsey permitiram aos gunners ganhar ao Aston Villa e adormecer na liderança, ficando hoje no sofá a assistir ao que os rivais fazem no King Power Stadium.

Para Claudio Ranieri é um jogo especial, depois de ter passado quatro anos (entre 2000 e 2004) no banco dos blues, antes de ser substituído por... Mourinho. Neste reencontro, o italiano deposita enorme esperança em Vardy e Mahrez, responsáveis por 24 dos 32 golos do Leicester na Premier – melhor ataque, a par do Man. City -, para recuperar a liderança.

Melhoria defensiva

Pela frente terá o ‘muro’ do Chelsea, que nos últimos cinco jogos (em todas as competições) só consentiu um golo, aquele que ditou a derrota frente ao Bournemouth, a única nesta série. No meio da deceção que tem caracterizado o percurso dos campeões ingleses nesta época até se trata de uma melhoria significativa, tendo em conta que os blues possuem uma das piores defesas da Premier League (só cinco equipas têm pior registo). "É uma questão de atitude global", disse Mourinho, para explicar a maior consistência.

Por Aurélio de Macedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.