Neville lembra a noite em que Rooney acabou a lutar com dois guarda-costas

Capitão recorda saídas da equipa e as confusões que sempre aconteciam

• Foto: Lusa

Gary Neville, antigo jogador do Man. United, recordou como eram as saídas à noite da equpa, na altura em que era capitão dos red devils. E lembra que havia um elemento do plantel mais... "imprevisível": Wayne Rooney. Em declarações à Sky Sports, Neville refere que era mesmo necessário marca-lo com um guarda-costas para não dar confusão, ainda que nem sempre isso tenha sido suficiente.

"Tínhamos de marcá-lo com um guarda-costas toda a noite. Lembro-me sobretudo de uma vez, e esta é uma história verdadeira... Eu adorava o Wayne, ele era um jovem brilhante, mas quando era jovem, era um pouco ... qual é a palavra ... quando saíamos, ele era um pouco imprevisível. Eu achava sempre que ele ria ser o alvo das pessoas que víamos na rua, que os fãs iriam tentar provocá-lo. Uma noite, ele empurrou um segurança pelas escadas e acabou à briga com dois guarda-costas", contou o agora comentador desportivo.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas