O segredo de Paul Scholes: gomas antes dos jogos

Antigo médio revela uma das suas superstições

Beijar as botas, jogar com aquelas ‘cuecas da sorte’ ou entrar em campo com o pé direito. Muitas são as superstições e quase todos os jogadores de futebol têm uma. Paul Scholes não foge à ‘regra’. Em declarações ao programa ‘Back of the Net’, o mítico médio-centro do Manchester United confessou que, sem o conhecimento de Alex Ferguson, comia uma coisa que quebrava a dieta.

"Na noite antes de todos os jogos, era certo que comia dois Turkish Delight acompanhados por uma caneca de chá. É mais ou menos uma superstição porque comprava uma caixa de três, comia dois e deixava lá um. Eu sei que é estranho", confessou o antigo jogador, agora com 45 anos.

Os Turkish Delight, tal como o nome indica, é uma goma de receita turca que viciou Scholes, que, fazendo as contas e assumindo que o inglês nunca quebrou esta superstição enquanto profissional, consumiu 1.568 gomas desta marca. Quebrava uma regra? Não se sabe quais seriam as regras dos red devils na altura, mas de certo que este vício de Paul Scholes não era um problema e basta olhar para os números: 155 golos em 718 jogos pelo United, onde conquistou 28 títulos, dos quais se destacam os 11 campeonatos ingleses e as duas Ligas dos Campeões.

O que fica no ar é o porquê de Scholes só ter feito esta confissão seis anos depois de pendurar as botas.

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0