Oito treinadores na Premier League receberam luvas em transferências de futebolistas

Investigação do jornal 'The Telegraph' prossegue depois de ter feito cair o selecionador

• Foto: Getty Images

A investigação do jornal 'The Telegraph' a actos de corrupção praticados por diversos atores no futebol inglês acrescenta que há oito treinadores de clubes da Premier League que receberam pagamentos no âmbito de transferências de futebolistas. 

As alegações apresentadas agora pelo diário, depois da primeira parte terem sido apresentadas provas que conduziram à demissão do selecionador inglês Sam Allardyce [na foto], na terça-feira, são suportadas pelo testemunho, também em vídeo, de Pino Pagliara, um agente não licenciado que em 2005 foi banido por cinco anos de atividades relacionadas com o futebol, por envolvimento em viciação de resultados desportivos.

O italiano foi filmado a oferecer aconselhamento sobre a melhor forma de contornar os regulamentos da federação inglesa (FA) que impedem que os passes dos futebolistas pertençam a mais de dois proprietários.

Foi precisamente esse mesmo tipo de 'serviços' que Allardyce se disponibilizou a oferecer a alegados representantes de um grupo de investidores do extremo oriente que, afinal, eram jornalistas. Mas a investigação prosseguiu e apanhou mais intervenientes ao longo de 10 meses. 

Pagliari e dois outros agentes revelaram os nomes de oito treinadores que trabalham atualmente em clubes da Premier League, os quais aceitam subornos no referido contexto - cinco terão mesmo sido pagos pessoalmente por estes elementos citados na reportagem do jornal.

10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0