Paul Clement: «Renato estava bem mais afetado do que eu pensava»

Ex-treinador do Swansea diz que o médio "pensava que ia para o United, Chelsea ou PSG"

Clemente, ao fundo, observa Renato Sanches num lance diante do Tottenham
• Foto: Reuters

O Mundo ficou surpreendido no verão passado quando o Swansea anunciou Renato Sanches como reforço, graças a um empréstimo acordado com o Bayern Munique no qual Paul Clement, então treinador dos swans, foi decisivo.

Clement, que foi despedido a 20 de dezembro de 2017, revelou agora em entrevista ao jornal 'The Times' que o próprio médio português também ficou atónito com a decisão imposta pelo clube alemão que o tinha contratado ao Benfica no verão de 2016.

"Ele não estava muito interessado [em vir para o Swansea] inicialmente. Pensava que ia para o Manchester United, Chelsea ou Paris Saint-Germain. Mas no Bayern disseram-lhe, 'não vais para aí, pois seria o mesmo, não irias jogar'", começou por adiantar Clement, dando depois pormenores sobre o estado de espírito do jovem internacional português:

"Quando chegou estava bem mais afetado do que eu pensava. Foi mesmo muito triste. Era um rapaz que parecia carregar o peso do Mundo nos ombros."

"Nos treinos, onde não havia pressão, ele era o melhor de todos os futebolistas. Conseguia fazer coisas que mais nenhum outro conseguia. Tem força, consegue passar pelos adversários e depois rematar. 
Mas depois, nos jogos, eu via as decisões que ele tomava, ao rematar a 40 metros da baliza muito por cima - e insistia em cometer esses erros", prosseguiu o técnico inglês, encerrando:

"Renato tinha uma enorme vontade de agradar e de provar a todos que estavam enganados a seu respeito. E entrou num círculo vicioso de más decisões. Então, os outros jogadores começaram a dizer, 'ele anda a jogar desta forma e tu não me metes a jogar?'. Por isso começou a tornar-se difícil colocá-lo no onze."

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.