Ranieri: «Kamara não me respeitou e eu queria matá-lo»

Francês do Fulham tomou a iniciativa, contra as ordens do treinador, de marcar um penáti e falhou

Claudio Ranieri estava furioso no final do jogo do Fulham com o Huddersfield, disputado no último sábado. A equipa ganhou com um golo de Mitrovic, aos 91 minutos, mas antes desperdiçou um penálti. Aboubakar Kamara tomou a iniciativa de o marcar quando a ordem era que fosse Mitrovic a apontar as grandes penalidades.

O francês falhou e depois do jogo teve de ouvir uma forte reprimenda do treinador. Primeiro em privado, depois em público. "O Kamara não me respeitou, não respeitou a equipa e não respeitou os adeptos. Falei com ele e disse-lhe que o que fez não foi correto. Ordenei ao Mitrovic que marcasse o penálti e o Kamara desobedeceu. É incrível, queria matá-lo", referiu o técnico, no final do jogo.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0