Rio Ferdinand: «Bebia oito, nove ou 10 canecas... e logo passava para a vodka»

Antigo jogador inglês recorda juventude "louca" com "futebol, álcool e discotecas"

Rio Ferdinand, antigo defesa do Manchester United, West Ham, Leeds, Bournemouth e Queens Park Rangers, voltou a falar dos problemas que teve com o álcool. Hoje com 40 anos, Ferdinand recorda que a pior fase foi quando esteve no West Ham.

"Podia beber muito quando era jovem. Bebia oito, nove ou 10 canecas... e logo passava para a vodka. Podia passar todo o dia a beber, levantar-me e seguir em frente. Bebíamos sempre depois dos jogos, era uma cultura diferente, louca. No West Ham havia a cultura de beber. Futebol, álcool e discotecas. Era assim que vivíamos", contou o antigo jogador à imprensa inglesa.

"Eu era louco. Há coisas que não me lembro no West Ham. Há pessoas que me falam de jogos e resultados que não tenho memória... No verão bebia durante duas semanas", recorda.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas