Roy Keane apenas jogou com "cinco jogadores de topo" e diz que Ronaldo não é um deles

Irlandês lembrou carreira de jogador e fez escolhas polémicas

• Foto: Getty Images

Antigo jogador do Manchester United, Roy Keane teve uma longa carreira ao serviço dos red devils, numa passagem de doze anos (entre 1993 e 2005) onde teve como colegas alguns jogadores que poderiam ser considerados como de topo mundial. Vários nomes devem vir à cabeça do leitor, mas as cinco escolhas apontadas esta terça-feira, na Sky Sports, certamente irão surpreender o leitor, especialmente pela ausência de Ronaldo, avançado que foi colega do irlandês durante duas temporadas, entre 2003 e 2005.

"Nunca nos demos a oportunidade de falar sobre jogadores de topo mundial. Mas olhando para trás, teria de falar no Giggsy [Ryan Giggs]. Para mim um jogador de topo tem de estar sempre lá em cima por nove, dez, onze anos... E obviamente que o Giggs fê-lo. É essa a chave para serem um excelente jogador: ser consistente... Atualmente vemos os jogadores a terem um mês bom e a desaparecerem. Tens de ser bom durante anos e anos e o Giggs é o melhor exemplo disso mesmo", declarou o irlandês, que depois apontou Mark Hughes, Paul Scholes e Eric Cantona também à sua lista.

Para o fim, e quando até se esperava que Cristiano Ronaldo fosse falado... Keane voltou a surpreender. "Meu Deus, imaginem se o Denis Irwin jogasse agora! Podia jogar a defesa esquerdo, a defesa direito, marcar golos, defender, nunca se lesionar... Era um tipo brilhante no balneário. Tem também de ser um jogador de topo...", declarou o antigo adjunto da seleção irlandesa.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.