Sam Allardyce já não é selecionador de Inglaterra

Rescinde contrato após ser apanhado em escândalo

• Foto: Reuters

Sam Allardyce deixou esta terça-feira o cargo de selecionador inglês, após o escândalo revelado pelo jornal 'The Telegraph' sobre negócios ilícitos. A notícia foi confirmada em comunicado pela Federação Inglesa (FA), terminando uma ligação que durou apenas 67 dias.

"A conduta de Allardyce, noticiada hoje, foi inapropriada para um selecionador de Inglaterra. Ele aceita que cometeu um erro e pediu desculpa. Contudo, devido à séria natureza das suas ações, a FA e Allardyce decidiram mutuamente terminar o seu contrato de imediato", pode ler-se.

Recorde-se que a denúncia visava sobre o facto de Allardyce ter aceitado 460 mil euros para ajudar um grupo de investidores estrangeiros a contornar os regulamentos da Federação Inglesa no que diz respeito a transferências de jogadores.

O organismo explicou ainda que o cargo ficará temporariamente sob a alçada de Gareth Southgate, que orientará a equipa frente a Malta, Eslovénia, Escócia e Espanha, dando tempo para que seja contratado um novo selecionador.

Por Luís Miroto Simões
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.