Scolari admite ter perdido "uma das maiores oportunidades" por causa de Drogba e Anelka

Antigo selecionador de Portugal recorda passagem pelo Chelsea

O antigo selecionador de Portugal Luiz Felipe Scolari recordou, em entrevista ao 'The Guardian', alguns momentos da sua carreira de treinador, admitindo que o seu insucesso no Chelsea esteve relacionado com dois jogadores: Drogba e Anelka. A aventura do treinador brasileiro ao serviço dos blues durou apenas sete meses.

"No Chelsea, tive  alguns problemas com lesões e alguns com o grupo. Eu tinha uma forma de liderança que entrava em conflito com um ou dois jogadores. Quais? Anelka e Drogba", admitiu Scolari.

"Começou por causa de uma lesão do Drogba. O nosso departamento médico considerou que deveríamos deixar Drogba se recuperar de sua lesão em Cannes, num resort à beira-mar na Cote d'Azur, no meio do verão. Eu pensei que ele deveria ficar em Londres. Eu também gostaria de ir a Cannes no verão e ficar lá por um mês ou dois e divertir-me", explicou Scolari.

"Quando voltou ao grupo, tentei adaptar a equipa para que ele e Anelka jogassem juntos. Tivemos uma reunião e Anelka disse: 'Só jogo numa posição, na 9. Havia falta de respeito, de conciliação com Drogba. Ambos eram excelentes, mas alguém tinha que ter outras funções para ajudar ainda mais quando perdiamos a bola. E foi aí que as coisas mudaram. Mas já conversei abertamente com Drogba sobre o assunto. Não houve más intenções, mas a verdade é que aconteceu e eu perdi uma das grandes oportunidades que tive na vida", admite o técnico brasileiro.
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas