Se o United ficar nos quatro primeiros ninguém vai ver Carrick a festejar

Médio e capitão de equipa diz que "é o mínimo dos mínimos"

• Foto: Reuters

A hipótese do Manchester United conquistar o título na Premier League é muito remota, tendo em conta que o Chelsea está a 14 pontos de distância, mas a disputa de um dos outros três lugares que valem o apuramento para a Liga dos Campeões está em aberto, com Totenham (2.º), Manchester City (3.º) e Arsenal (4.º) e Liverpool (5.º) bem perto.

Todavia, por muito que a concretização desse objetivo signifique um crescimento significativo na equipa que José Mourinho começou a construir no verão passado, Michael Carrick sublinha que ninguém no clube o deverá comemorar.

"Não, se conseguirmos ficar em terceiro, quarto ou mesmo segundo lugar, não é algo para celebrar. Nós só queremos festejar se ganharmos [o título], mas a disputa da Liga dos Campeões é parte integrante deste clube. É onde queres jogar, é onde todos os grandes jogadores querem jogar", disse o veterano médio inglês, um dos capitães de equipa dos red devils, em declarações ao 'Daily Mirror', ligando esse aspeto à política de contratações do clube:

"Por isso, no sentido de atrair jogadores, é claro que o clube está a apontar para isso. Mas a única coisa que podemos celebrar verdadeiramente é a vitória, o terminar a temporada no primeiro lugar da classificação."

"Podemos dizer que é impensável não conseguir ficar entre os quatro primeiros, pois estamos mesmo perto. Mas temos de o alcançar, temos de o merecer. Temos tudo no clube para nos ajudar a conseguir esse objetivo, mas na verdade, ficar nos quatro primeiros lugares é o mínimo dos mínimos", reforçou Carrick, antes do embate com o Watford, sábado (15 horas), em Old Trafford.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.