Tem nome de presidente dos Estados Unidos mas Mourinho chama-lhe... Favela

Kenedy conta como correu o primeiro contacto com o treinador no Chelsea

• Foto: Getty Images
O Chelsea contratou Kenedy ao Fluminense em agosto de 2015 e o brasileiro foi direto para digressão dos blues na América do Norte, apanhando a pré-temporada em andamento com todos concentrados e empenhados em preparar a defesa do título. A começar por José Mourinho. Mas o treinador tirou um 'tempinho' para dar as boas-vindas ao novato...

"Quando cheguei ele disse-me, 'então tu é que és o Kenedy? OK, veremos se consegues jogar da forma como dizem que és capaz de fazer...' Ele nunca acabou por me dizer [se estava a ir ao encontro das expetativas], mas gosto muito de Mourinho. Tenho um enorme respeito por ele", contou Kenedy em entrevista ao 'Daily Mail', revelando mais detalhes dos primeiros tempos às ordens do treinador português no Chelsea.

"A alcunha que ele me pôs foi Favela, mas no bom sentido", acrescentou o médio esquerdino que o Chelsea emprestou ao Newcastle esta temporada. O jornal esclarece que Mourinho recorreu a essa alcunha como reconhecimento pela energia, entusiasmo e alegria do jovem que tem outra história curiosa, esta sobre o seu nome completo: Robert Kenedy Nunes Nascimento.

"Quando era criança não sabia o nome do Pelé porque em nossa casa não havia televisão nem computador. Mas o meu pai disse-me. Assim, quando cresci contei aos meus amigos que o Pelé [Edson Arantes do Nascimento] era meu tio. O Robert é também por causa de outro futebolista, e Kenedy pelo antigo presidente dos Estados Unidos.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas