Record

'The Sun' revela vídeo de jogadores do Arsenal a consumir 'hippy crack'

Aconteceu numa festa regada com muito álcool e onde estiveram 70 mulheres, em agosto

 Alexandre Lacazette e Pierre-Emerick Aubameyang
Matteo Guendouzi
Mesut Ozil
 Alexandre Lacazette e Pierre-Emerick Aubameyang
Matteo Guendouzi
Mesut Ozil
 Alexandre Lacazette e Pierre-Emerick Aubameyang
Matteo Guendouzi
Mesut Ozil
O jornal inglês 'The Sun' revelou esta sexta-feira um vídeo gravado numa discoteca em Londres, onde vários jogadores do Arsenal aparecem a inalar 'hippy crack', uma espécie de 'gás do riso', consumido através de balões de ar. A substância é na realidade óxido nitroso, uma droga que de há uns anos a esta parte entrou na moda no Reino Unido, que não é ilegal, mas que não pode ser vendida a menores de 18 anos.

No vídeo, que segundo o 'The Sun' foi gravado em agosto, poucos dias antes de começar a época, vê-se alguns jogadores do Arsenal em redor de uma mesa, uns sentados num sofá e outros de pé. Pierre-Emerick Aubameyang, Alexandre Lacazette, Mattéo Guendouzi, Sead Kolasinac e Mesut Özil aparecem a consumir a substância a partir de balões; Skodran Mustafi e Henrikh Mkhitaryan estão no local mas no vídeo não estão a inalar o gás.

A festa
Mattéo Guendouzi, jovem francês de 19 anos, chega a perder a consciência durante alguns momentos. O 'hippy crack' tem um efeito de curta duração, mas os riscos são elevados, uma vez que pode causar perda de coordenação, perda de consciência, ataque cardíaco e até a morte, por falta de oxigenação do cérebro.

Esta festa, segundo o mesmo jornal, terá contado com a presença de 70 mulheres e teve lugar num clube noturno exclusivo, tendo os jogadores pago uma conta que terá superado os 30 mil euros. Os convidados foram 'obrigados' a entrar sem os telemóveis. Uma testemunha feminina contou que houve muita bebida - whiskey, champanhe e vodka - mas o que a impressionou mais foi o consumo do 'hippy crack' por parte dos jogadores.

"Estavam desorientados com o gás, alguns pareciam mesmo que tinham desmaiado. O Özil foi um deles. Inspirou fortemente um dos balões e pareceu-me que perdeu a consciência no sofá. O jogador mais novo, com o cabelo encaracolado, foi instigado a fazer o mesmo e o efeito foi ainda pior. Ele inalou o gás e 'apagou' completamente em cima do sofá. Foi incrível ver os chamados 'atletas modelo' a correr riscos deste nível com uma substância tão perigosa. Se os fãs, ou mesmo o treinador, tivessem visto o que aconteceu, teriam ficado horrorizados", contou ao 'The Sun' a mesma testemunha.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas