Tomar o poder na Premier League

Paulo Fonseca e Marco Silva bem colocados para se juntarem a Mourinho e Nuno na próxima época

• Foto: Paulo Calado

Ao analisarmos os nomes dos 20 treinadores que terminaram a temporada na Premier League, percebemos que apenas quatro deles são ingleses: Eddie Howe, Sean Dyche, Roy Hodgson e Sam Allardyce - Darren Moore, que acabou no comando interino do WBA, nasceu em Inglaterra mas tem nacionalidade jamaicana, seleção pela qual foi internacional. Agora, Portugal arrisca-se a começar a próxima época também com um quarteto de técnicos no principal escalão inglês.

Com José Mourinho a manter-se no Man. United e Nuno Espírito Santo a estrear-se na elite após ter promovido o Wolverhampton, tudo aponta para que Marco Silva regresse ao ativo, enquanto Paulo Fonseca está também na calha para rumar à Premier League. Depois das experiências no Hull City e no Watford, o antigo treinador do Sporting é a prioridade do Everton para suceder a Sam Allardyce, que está na iminência de ser demitido. Ainda assim, a imprensa britânica adianta ainda o Leicester como outra possibilidade forte para Marco Silva, pois o francês Claude Puel também deverá ser despedido pelos foxes.

Já Paulo Fonseca tem sido igualmente apontado ao Everton, mas é o West Ham que parece ter tomado a dianteira na corrida ao português - Rafa Benítez é outro alvo dos londrinos. Em Inglaterra, avançam mesmo que o ainda técnico do Shakhtar levará consigo para Londres o brasileiro Bernard, também em fim de contrato com os campeões ucranianos.

E resta saber se Rui Faria e Carlos Carvalhal não encontrarão igualmente um clube da Premier League disposto a apostar neles...

Por José Angélico
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas