Troy Deeney: Abençoada prisão

Este preso em 2012; agora é figura no Watford

• Foto: Reuters

A história de Troy Deeney confunde-se com a de milhares de miúdos que buscam no futebol uma oportunidade. A vida difícil transformou-o num ‘bad boy’, e foi na prisão, quando tudo parecia perdido, que ele encontrou forças para dar a volta por cima. "Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. É o tipo de situação em que ou nos colocamos como vítimas e culpamos o Mundo pelos nossos problemas ou assumimos a responsabilidade dos nossos atos e seguimos em frente. E eu decidi não envergonhar a minha família ou filhos de novo", disse o avançado do Watford ao jornal ‘The Telegraph’.

Deeney foi preso em 2012, pouco depois de o pai morrer de cancro. Condenado por se envolver numa briga de rua, passou dois meses atrás das grades, e ainda hoje luta para controlar os ‘demónios’ que carrega dentro de si. "Tenho um lado negro, como todos têm, mas aprendi a controlá-lo, o que faço com a ajuda de um psiquiatra com quem eu converso e estou sempre em contacto. Eu ainda tenho meus demónios", confessou.

‘Endemoniado’ ou não, os números comprovam que a prisão fez bem a Deeney. Desde que foi libertado, o avançado de 27 anos entrou para a história do Watford como o único jogador da equipa a marcar 20 ou mais golos por época em três anos seguidos.

Por Mamede Filho
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.