Treinador do Fulham responde a Mourinho: «Não tenho de pedir desculpas a ninguém»

Jogo com o Tottenham acabou empatado depois de ter sido adiado devido aos casos de covid que surgiram nos cottagers

• Foto: Reuters

Scott Parker diz que não tem de pedir desculpas a ninguém por o Fulham ter jogado bem e empatado (1-1) frente ao Tottenham.

A polémica surge depois de José Mourinho ter sugerido que o Fulham devia pedir desculpas a todos os clubes da Premier League se surgisse na máxima forma no jogo de quarta-feira com os spurs.

O encontro entre as duas equipas devia ter sido realizado a 30 de dezembro, mas foi adiado (para desagrado de Mourinho) na sequência de um surto de covid-19 nos 'cottagers'.

"Não tenho de pedir desculpas a ninguém, este clube não deve desculpas a ninguém", assegurou o treinador do Fulham.

"As pessoas que estão de fora podem dizer o que quiserem e ver aquilo que entenderem, mas a realidade é que dois dos jogadores que estiveram hoje em campo fizeram apenas um treino, eles regressaram da covid-19 para este jogo. Outros tinham três ou quatro dias de treino", acrescentou Parker.

"Esta equipa veio para este jogo determinada a fazer um bom trabalho. E saímos daqui com um resultado simpático", finalizou.

Por Record
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fulham

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.