City de Guardiola campeão no domingo? «Deixem-me viajar para Londres e acordar bem amanhã"

Citizens festejam a conquista da Premier League caso vençam o Crystal Palace e o Liverpool derrote o Man. United

O Manchester City pode sagrar-se campeão já este domingo, caso vença este sábado na deslocação ao terreno do Crystal Palace e o Manchester United perca na receção ao Liverpool, no dia seguinte.

Na conferência de imprensa de antevisão ao encontro da 34.ª jornada da Premier League com os londrinos, Pep Guardiola preferiu alertar para os perigos que o adversário pode criar à sua equipa e afastou possíveis festejos antecipados. "Deixem-me viajar para Londres, tentar acordar bem amanhã e vencer o jogo primeiro. Não me perguntem o que vou sentir, porque ainda não aconteceu. É o Crystal Palace, do Roy Hodgson. Cada vez que os enfrentámos, tivemos muitos problemas para ganhar. Não me recordo de um jogo fácil", começou por dizer o treinador dos citizens, em declarações reproduzidas pelo jornal inglês 'Manchester Evening News'.

O técnico espanhol abordou depois o bom momento do rival de Manchester, que segue no segundo lugar com menos 10 pontos. "Sei que estão curiosos para antecipar, mas ontem vimos outro exemplo do concorrente que estamos a enfrentar. O Manchester United é uma equipa extraordinária que chegou aos dois últimos meses na melhor forma da época, e nós precisamos de cinco pontos para sermos campeões. Amanhã temos uma oportunidade incrível de dar esse passo", frisou, prosseguindo: "Assim que vencermos este jogo, vamos pensar no que vai acontecer e quando acontecer, podem perguntar-me o que quiserem sobre os meus sentimentos. Tudo o que podemos fazer agora é recuperar o melhor possível do jogo difícil, física e mentalmente, que tivemos em Paris."

Questionado sobre se o Man. City tem melhores resultados fora de casa e se a falta de adeptos nas bancadas tem influenciado, Guardiola foi taxativo. "Tivemos melhores resultados contra o Man. United fora do que em casa, é mesmo assim. Em casa não há grande vantagem sem adeptos. Quando jogas em Paris, por exemplo, não há uma grande diferença porque não há público nas bancadas. O que é certo é que o que mostramos esta temporada em casa e fora é muito bom em termos de consistência. Perdemos pontos em casa, mas não foram muitos", apontou, concluindo: "Faltam cinco jogos e temos 10 pontos de vantagem. Só estou preocupado em conquistar os pontos que precisamos para sermos campeões."
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Man. City

Notícias

Notícias Mais Vistas