Pai de jogador que passou pelo Sporting denuncia Manchester City: «Pagavam-me mas nunca trabalhei»

Gabriel Almeida chegou aos citizens quando tinha 14 anos

O pai do médio brasileiro Gabriel Almeida, que passou pela formação do Sporting entre 2003 e 2006 - na equipa de futebol de 7 dos leões -, denunciou um esquema ilegal do Manchester City, clube para qual se transferiu em 2011, quando tinha apenas 14 anos. 

Segundo os estatutos da Premier League "é proibido oferecer ao jogador, ou a qualquer pessoa a si ligada, direta ou indiretamente, um benefício na forma de pagamento". Situação que terá sido infrigida, pelos citizens, já que de acordo com o relatado pelo pai de Gabriel Almeida, ao 'The Athletic', o seu contrato de trabalho com o clube foi 'fictício'. 

"A verdade é que pagava-me um salário, mas nunca trabalhei. Eu nem sequer falava inglês. Inscreveram-me num curso de scouting onde fui duas vezes para marcar presença, apenas. Era tudo uma mentira", revela o pai do jogador,  admitindo que entre setembro de 2011 e junho de 2012 recebeu 1.120 euros/mês como olheiro do Manchester City.

O clube britânico nega qualquer ilegalidade.

Por Record
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Man. City

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.