«A última noite doeu»: as palavras de Lingard após derrota do Man. United diante do Young Boys

Com um mau atraso, o inglês acabou por isolar Siebatcheu já nos descontos, que aproveitou para fazer o 1-2 final

• Foto: Action Images

Jesse Lingard entrou aos 72 minutos do encontro entre Manchester United e Young Boys, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O extremo inglês entrou para o lugar de Cristiano Ronaldo, mas não teve o impacto positivo que desejava ter no encontro.

Já perto do final da partida, numa altura em que a formação suíça carregava em busca do golo da vitória, o internacional inglês, com um mau atraso, acabou por isolar o norte-americano Jordan Siebatcheu, que aproveitou o momento para estabelecer o 2-1 final.

Esta quarta-feira, Jesse Lingard recorreu às redes sociais para desculpar-se pelo impacto negativo que acabou por ter no resultado da equipa, afirmando que tem sempre em mente "fazer o melhor em prol do clube, da equipa e dos adeptos".

"A última noite doeu. Sempre que eu visto a camisola, espero que as pessoas percebam o quanto isto representa para mim. Eu tento sempre fazer o meu melhor em prol do clube, da equipa e dos adeptos. Estou triste pela minha contribuição na nossa derrota. Erros acontecem no futebol, mas nós levantamo-nos e continuamos em frente", pode ler-se na mais recente publicação do internacional pela Inglaterra.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Man. United

Notícias

Notícias Mais Vistas