José Mourinho: «Graças a Deus que não sou o treinador que já fui»

Treinador do Tottenham diz que é hoje um homem mais tranquilo e capaz de lidar com o insucesso

• Foto: Reuters

O Tottenham atravessa uma péssima fase e vai em cinco derrotas em seis jogos na Premier League. O futuro de José Mourinho no clube até já aparece algo tremido mas o treinador mantém a confiança. E sublinha que hoje, ao contrário do que sucedia no passado, tem outra capacidade para lidar com o insucesso.

"Ainda bem que não sou o treinador que já fui. Provalmente não estaria tão calmo, confiante e no controlo das minhas emoções. Ao longo da minha carreira, tive alguns problemas mas não relacionados com resultados. Como sabem, não foram muitas as fases más... Aconteciam muitas vezes problemas no dia a dia e antes reagia de uma forma bem mais emocional", começou por dizer o técnico português.

"Por exemplo, deixei o Chelsea como campeão. Talvez a idade e a maturidade te dêem uma maior bagagem para lidar com momentos negativos. Estou calmo. É certo que a minha natureza não muda, se perco um jogo é óbvio que não fico contente, mas a maturidade ajuda. Sinto-me muito confiante, acredito que vamos melhorar e que estarei na história do Tottenham por boas e não más razões", sublinhou Mourinho.

«Para já, a direção do Tottenham dá um voto de confiança a José Mourinho»

Por Record
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tottenham

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.