Wolverhampton terá pago ao Barcelona por... não ter ficado com Trincão

Equipa inglesa gastou 6 milhões de euros, mas fica com 20% de uma futura venda

• Foto: Getty Images
O Wolverhampton anunciou no domingo que não iria ficar em definitivo com Trincão e, sabe-se agora, essa decisão acaba por ter um impacto nas finanças do clube, segundo adianta a BBC Sport. Negativo, no caso. Tudo porque, por conta do acordo assinado no início da época entre as partes, o conjunto inglês estava obrigado a pagar 6 milhões de euros aos catalães no caso de não ficar com o jogador português em definitivo para lá da cedência.

Na prática, esse valor é uma taxa de empréstimo, que não foi paga à partida, mas que ficava sempre dependente do que sucedesse no futuro. Como o Wolves não avançou para a compra em definitivo, é obrigado a deixar os 6 milhões nos cofres catalães.

Ainda assim, o Wolverhampton poderá reaver alguma dessa verba (ou até mais...), já que reservou para si 20% do valor de uma qualquer futura venda do português. Por exemplo, caso Trincão seja vendido pelos 20 milhões que estará a pedir ao Sporting, os ingleses ficariam com 4 milhões de euros e acabariam 'apenas' com 2 milhões de prejuízo. Para o Wolverhampton ter lucro neste processo, o português teria de ser vendido por 30 milhões de euros.
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Wolverhampton

Notícias

Notícias Mais Vistas