Donnarumma 'forçado' a reunir-se com ultras do Milan: guarda-redes sai do encontro a chorar

Jogador não aceita renovar e adeptos exigiram-lhe que não jogue contra a Juventus na próxima semana

• Foto: Reuters

O 'Corriere della Sera' noticia este domingo que Gianluigi Donnarumma teve uma reunião com os ultras do Milan, antes do jogo de ontem, com o Benevento (2-0), e que o guarda-redes saiu do encontro a chorar.

O jogador termina contrato com os rossoneri no final desta época e ainda não aceitou renovar. Em Itália dizem que está em conversações com a Juventus para assinar este verão a custo zero.

Os adeptos exigiram a Donnarumma que não entre em campo na partida da próxima jornada, diante da Juventus, numa fase em que as duas equipas estão a lutar por um lugar nos quatro primeiros da Serie A, que dá acesso à Liga dos Campeões.

Segundo o jornal, o guarda-redes disse aos adeptos que ainda não sabe o que vai fazer e que será ele quem vai decidir o seu futuro.

Segundo o 'Corriere della Sera', Donnarumma sentiu-se forçado pelo clube a ter este encontro com os adeptos, numa fase em que não queria mais pressão, sobretudo uma semana antes do duelo com a Juve.

Por Record
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de AC Milan

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.