Adepto da Juventus tinha um míssil em casa

Na sequência de uma investigação da unidade antiterrorista de Turim, três pessoas foram detidas

• Foto: Diretos reservados

Na sequência de uma investigação da unidade antiterrorista de Turim, três pessoas foram ontem detidas. Neste grupo estava Fabio Del Bergiolo, adepto da Juventus com ligação às claques do clube e que tinha na sua posse... um míssil. O italiano é, aliás, militante do partido fascista Forza Nuova, além de ser um ex-inspetor aduaneiro especializado em luta antifraude.

Del Bergiolo acabou por ser apanhado com um míssil Matra R530F, sem carga explosiva e utilizado pelo exército do Qatar, nove armas de assalto, uma metralhadora, sete pistolas, três espingardas, 20 baionetas e cerca de mil cartuchos. A investigação policial decorria há já um ano e teve como alvos pessoas que haviam lutado no Leste da Ucrânia contra independentistas pró-russos.

Esta operação da unidade especial Digos de Turim acaba por ter igualmente como base atividades ilícitas por parte das claques, em especial da Juventus. Na semana passada, já tinham sido detidos elementos da Legia Subalpina, um grupo violento que acaba por ser uma fação da principal claque bianconera, os Drughi Giovinezza.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas