Antonio Conte: «É mais fácil mover a catedral do que trazer o Messi para Milão»

Treinador do Inter descarta possibilidade de loucuras neste mercado

• Foto: Instagram Antonio Conte

A vitória desta terça-feira do Inter frente ao Nápoles (2-0), a contar para a 37.ª e penúltima jornada da liga italiana, garantiu a vice-liderança à equipa treinada por Antonio Conte logo abaixo da Juventus que conquistou o seu 9.º campeonato consecutivo.

Conte não escondeu a insatisfação quando questionado sobre o facto da sua equipa ter mais golos marcados e menos sofridos do que a campeã Juventus. "Vocês devem ser os únicos a dizer-me o que fiz de bom, não eu. Criam muitas expectativas e pensam que a minha chegada é suficiente para vencer. Atacar-me traz publicidade, mas às vezes ouço coisas sobre o meu otrabalho que ofendem o meu profissionalismo. Tento ter um valor adequado às minhas qualidades, mas incomoda-me quando a verdade não é dita. Se preferiria ter Messi ou quatro jogadores por 50 milhões de euros? São ambas impossíveis: é mais fácil mover a catedral do que trazer o Messi para Milão", frisou.

O treinador abordou ainda os jogos que se irão seguir para os nerazurri. "Hoje (terça-feira) melhorámos um pouco e é bom para ver como estamos para defrontar a Atalanta (última jornada) e a Liga Europa. Gasperini fez um ótimo trabalho no Atalanta. Será um ótimo teste para entendermos onde estamos", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.