As resoluções de Cristiano Ronaldo para 2019: os recordes para bater

Astro pode alcançar este ano quatro recordes históricos pela Juventus... além da Bola de Ouro

• Foto: EPA

O Ano Novo costuma trazer desejos e resoluções: paz, amor, misericórdia. Ora, Cristiano Ronaldo não deve querer mostrar qualquer misericórdia em relação aos adversários. O avançado português arranca 2019 atrás de novos recordes históricos.

CR7 pode passar a ser o primeiro jogador a tornar-se o melhor marcador nas três principais ligas europeias. Já o conseguiu no United (2007/08) e no Real (2010/11, 2013/14 e 2014/15), seguindo agora o desafio na Juventus. Clube, aliás, em que irá tentar superar a melhor marca de golos da Serie A - 36 -, pertencente a Higuaín (2016) e Rossetti (1930). Pode ainda conquistar o Scudetto, o que o tornaria igualmente o primeiro atleta a vencer a Serie A, a Premier League e La Liga. Fantástico!

A época está a correr -lhe de feição: na Serie A a Juve é líder e procura o 8º título seguido, sendo CR7 o artilheiro da prova com 14 golos. Já na Champions, os bianconeri enfrentam o At. Madrid nos oitavos-de-final, com Ronaldo a querer apurar-se para alimentar o sonho de vencer pela 6ª vez a prova, igualando o recorde de Paco Gento (ex-glória do Real Madrid). Se tal acontecer, CR7 juntar-se-ia a Seedorf: os únicos a vencer a competição por três clubes diferentes. Tudo isto dar-lhe-ia a 6ª Bola de Ouro, outro recorde.

André Silva no pódio do ‘Bidão’

André Silva, que tem sido associado à Juventus e ao Chelsea, foi 3º classificado no prémio ‘Bidão de Ouro de 2018’, que consagra as maiores desilusões da época em Itália. Já João Mário foi uma das menções honrosas.

Por Filipe Balreira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas