Carlos Bacca terá recusado salário de 12 milhões de euros/ano para rumar à China

Tianjin Quanjian estaria disposto a pagar 30 milhões pelo passe do dianteiro do AC Milan

• Foto: EPA

A menos de uma semana do encerramento do mercado, os clubes chineses continuam desesperados à procura de reforços que possam tornar cada vez mais atraente a principal liga daquele país asiático. É o caso do Tianjin Quanjian que, segundo a 'Sky Sport Italia' terá apresentado ao AC Milan uma proposta no valor de 30 milhões de euros para contratar o avançado colombiano Carlos Bacca.

O clube, que conta nos seus quadros com o treinador italiano Fabio Cannavaro, terá ainda proposto ao dianteiro um salário anual de 12 milhões de euros, valor que não terá sido suficiente para convencer o Bacca, que, apesar de não ser atualmente uma das principais referências da equipa treinada por Vincenzo Montella, parece apostado em regressar aos tempos dourados que viveu com a camisola do Sevilha.

A 'Sky Sport Italia' recorda que o colombiano não foi a primeira escolha de Fabio Cannavaro, que, numa primeira fase terá tentado copntratar Nikola Kalinic, da Fiorentina, para já não falar de outros nomes que terão sido sondados, entre os quais o benfiquista Raul Jiménez e o sportinguista Bas Dost.  

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.