Di Francesco: «Que eu morra hoje se lhe disse uma frase racista»

Jogador italiano foi vítima de uma cuspidela na cara por parte de Douglas Costa

Federico Di Francesco, o jogador do Sassuolo que foi vítima da cuspidela na cara por parte do brasileiro Douglas Costa, no jogo que a sua equipa perdeu com a Juventus, foi acusado pelo adversário de ter proferido uma frase de teor racista - daí a reação do brasileiro, cuja imagem correu mundo.

"Que eu morra hoje se eu lhe disse alguma frase racista. Não disse nada disso e não quero falar mais sobre esse assunto", referiu o italiano.

Douglas Costa vai cumprir uma sanção de quatro jogos na Série A pelo sucedido, mas poucas horas depois do jogo correu o rumor que a reação do brasileiro teria surgido na sequência de um insulto racista. "Fiquei dececionado com o que disseram nas redes sociais, atacaram-me. Não fui educado dessa forma", sublinhou Di Francesco.

Douglas Costa cospe da cara de um adversário, é apanhado pelo VAR e acaba expulso

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.