Diego López é o 41.º treinador do Palermo desde 2002

Clube atravessa crise e está em lugares de despromoção

• Foto: Twitter Palermo

O uruguaio Diego López tornou-se esta quinta-feira o quarto treinador do Palermo esta época, substituindo Eugenio Corini, que saiu do clube italiano de futebol após derrota caseira com o Inter de Milão (0-1), que o deixa em penúltimo.

"O Palermo comunica que deu o comando da equipa principal a Diego López. O novo treinador assinou contrato até 30 de junho de 2018", informou o clube siciliano no site oficial, após três derrotas consecutivas.

Davide Ballardini, Roberto De Zerbi e Eugenio Corini foram os três primeiros treinadores do Palermo, que deste 2002 vai para o 41.º treinador da era do presidente Maurizio Zamparini.

López, de 42 anos, assume uma equipa em crise profunda e que, com um jogo a mais, está em 19.º, um penúltimo lugar repartido com Crotone e com apenas mais um ponto do que o 'lanterna vermelha' Pescara.

"Esta é uma oportunidade única, numa equipa importante", disse Diego López, que assumiu o objetivo de salvar a equipa da descida, reservada aos três últimos: a salvação está a já distantes 11 pontos, com os 21 do Empoli, que tem os mesmos 21 jogos disputados.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.