Doze adeptos detidos após denúncia da Juventus

Associação criminosa, extorsão e violência entre os crimes de que são acusados

A carregar o vídeo ...
A operação que levou à detenção de doze ultras da Juventus

A polícia italiana deteve 12 chefes das claques da Juventus, por crimes como associação criminosa, extorsão e violência. A operação 'Last banner' foi desencadeada há um ano, após denúncia do clube de Turim.

Segundo avança esta segunda-feira a imprensa local, estão em andamento dezenas de buscas em diversas cidades italianas.

A investigação, conduzida pela Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos), envolve todos os principais grupos de apoio organizado da Juventus: 'Drughi', 'Tradizione-Antichistickes', 'Viking', 'Nucleo 1985' e 'Quelli ... di via Filadelfia '.
 

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.