Elogio a Lukaku passa a insulto racista e acaba em despedimento

Internacional belga do Inter no centro de mais um episódio de racismo

A carregar o vídeo ...
«A única maneira de parar Lukaku é dar-lhe 10 bananas para comer»

É mais um episódio racista que envolve Romelu Lukaku. O jornalista italiano Luciano Passirani, do 'TopCalcio24', foi despedido depois de um comentário ofensivo para com o internacional belga do Inter.

Passirani, de 80 anos, estava a elogiar o avançado belga do Inter quando, ao falar da melhor 'técnica' para travar Lukaku, o jornalista foi bastante ofensivo.

"Não vejo um jogador como Lukaku em nenhuma outra equipa, nem na Juventus, nem Milan, Roma, Lazio... É impossível ganhar no um-para-um com ele. A única maneira de o parar é dar-lhe 10 bananas para comer", afirmou Passirani. 

O canal italiano demitiu o jornalista veterano, com o diretor de programas Fabio Ravezzani a pedir desculpa e a confirmar o afastamento de Passirani: "apesar da intenção inicial de elogiar o jogador, foi falta de lucidez", afirmou. 

Smalling: «O racismo não é um problema apenas em Itália»

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.