Record

FIFA não vai punir Inter Milão por alegado assédio a Modric

Real Madrid tinha apresentado queixa ao organismo

• Foto: EPA
A 'Gazzetta dello Sport' revela esta segunda-feira que a FIFA terá decidido não avançar para uma punição ao Inter Milão no caso Luka Modric, recusando desta forma aquilo que o Real Madrid alegava, ao se ter queixado por assédio ao médio croata. Analisados os factos, e sempre segundo a 'Gazzetta', o organismo que rege o futebol mundial terá entendido que não havia razão para qualquer punição e o caso foi arquivado.

Lembre-se que o Real Madrid alegava que o Inter Milão tinha contactado Luka Modric e a sua equipa de representação sem autorização dos merengues. De acordo com os relatos da imprensa, os milaneses teriam oferecido um contacto de seis temporadas, com um vencimento anual de 11 milhões de euros.
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

M