«Não somos o Cristiano Ronaldo. Se nos tirarem dois meses de salário vem o senhorio»

Alberto Paleari, guarda-redes italiano, contra redução de ordenado

• Foto: Cittadela

A possibilidade de reduzir ordenados no Mundo do futebol está em cima da mesa em vários países europeus e Itália é um deles. Contudo, nem todos os futebolistas auferem vários milhões de euros por ano e isso gerou críticas por parte de Alberto Paleari, guarda-redes que atua no Cittadella, no segundo escalão do futebol transalpino.

"Não somos como o Cristiano Ronaldo, que se lhe tirarem dois meses de salário não terá problemas. Se nos fizerem isso, o senhorio vem pedir a renda. Acredito que precisamos de dois pesos e duas medidas", vincou o guardião de 27 anos à televisão 'Telechiara' e que no último mercado de transferências até foi apontado à Juventus.

Paleari explicou o que pensa sobre o assunto. "Se fosse uma questão de adiar os salários por um mês e receber o dobro mais tarde, eu diria que sim. Mas se é para reduzir o meu salário, com toda a honestidade, eu direi que não", sublinhou o jogador italiano que está há quatro temporadas no Cittadella.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.