Higuaín: «Não podia passar nem mais um minuto com De Laurentiis»

Avançado argentino saiu magoado com o presidente do Nápoles

• Foto: EPA

Gonzalo Higuaín foi apresentado esta quinta-feira como reforço da Juventus e deixou algumas críticas ao presidente do Nápoles, Aurelio de Laurentiis. O avançado argentino confessa que a relação com o presidente do seu antigo clube já não existia e que este o empurrou para fora do clube.

"Só posso dizer que já não tinha uma relação com De Laurentiis porque a sua maneira de pensar não era a minha. Se tomei essa decisão, também foi porque ele me empurrou a fazê-lo", começou por dizer, em resposta às críticas do dirigente napolitano.

Dizendo que agradece a todos os adeptos e ex-companheiros do Nápoles, mas a De Laurentiis não, o avançado diz que não queria passar mais tempo com o seu antigo presidente.

"Já não tinha relações com De Laurentiis, mais claro do que isto é impossível. Não esteve bem comigo e não tinha mais relação, não queria passar nem mais um minuto com ele", disse.

A começar a sua apresentação, Higuaín também respondeu à ira dos adeptos napolitanos.

"Nestas semanas estive em silêncio, pois foram três anos maravilhosos e só posso dar graças por todo o amor que me deram. Esta é uma decisão que tomei por motivos meus e agora só penso na Juventus, mas mando cumprimentos a todos os napolitanos que comigo foram muito bons. Entendo que estejam chateados, recebi muitos insultos, mas tinha que tomar esta decisão e estou feliz", referiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.