Iaquinta condenado a dois anos de prisão

Estava acusado de posse ilegal de armas no âmbito de um processo relacionado com a máfia

• Foto: Reuters

O antigo jogador italiano Vincenzo Iaquinta foi esta quarta-feira condenado a uma pena de dois anos de prisão por posse ilegal de armas, no âmbito de um processo relacionado com a associação mafiosa Ndrangueta.

O tribunal de Reggio Emilia decidiu assim não aplicar a pena pedida pela Direção Antimáfia, que queria que Iaquinta passasse seis anos na cadeia por participação em negócios mafiosos. Também o pai do jogador foi condenado, no seu caso a 19 anos de prisão.

Tanto Iaquinta como o pai reagiram mal à leitura da sentença, chamando "ridículos" aos juízes e apelidando a decisão de "uma vergonha".

Vincenzo Iaquinta jogou até 2011/12, tendo o Cesena sido o último clube que representou, por empréstimo da Juventus. Foi campeão do Mundo em 2006 com a seleção italiana.

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.