Ibrahimovic recorda confissão a Mourinho: «Não queria ser uma desilusão»

Avançado sueco comentou episódio com treinador português, após a vitória do dérbi de Milão

• Foto: EPA

Ibrahimovic foi o autor dos dois golos que deram a vitória ao AC Milan no dérbi frente ao Inter, sábado. O avançado sueco voltou aos relvados, depois de há cerca de um mês ter testado positivo à Covid-19. Após o encontro, Ibrahimovic comentou o dérbi e mostrou porque ainda é um dos avançados mais respeitados e 'mortíferos'

"O AC Milan não vencia o dérbi há quatro anos e eu estive preso em casa quatro semanas, por isso estava com fome e mostrei. Nada me impedia de jogar este dérbi", afirmou o avançado sueco, admitindo: "Fiquei desapontado com o penálti falhado, mas o mais importante foi a vitória da equipa. Sou o jogador mais velho do plantel, sinto muita responsabilidade, mas gosto dessa sensação."

"Sei a que nível estou. Depois da lesão [grave que sofreu em 2017 quando jogava no Manchester United], fui para a América para me sentir vivo. Disse a Mourinho, no Manchester United, que não estava pronto e não queria ser uma desilusão", recordou Ibrahimovic.

Na altura, o avançado sueco rumou aos EUA, assinou pelo LA Galaxy e tornou-se num dos heróis do clube, tendo regressado à Europa na última época.

"Raiola disse-me para voltar, que o Milan precisava de mim, então vim. Sinto-me mais completo agora do que há 10 anos. Se tivesse o físico dessa altura, então ninguém me pararia. Mesmo agora, não me param", afirmou. 

Ibrahimovic abriu o marcador aos 13'

Ibrahimovic faz o segundo

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.