Record

Montella diz que os treinadores apontados ao Milan não o perturbam

Técnico rossonero acredita numa reação da equipa e elogia André Silva

• Foto: EPA
Com o Milan sem ganhar há quatro jogos, o lugar de Vincenzo Montella ao comando do rossoneri está em risco. A imprensa italiana tem apontado vários nomes com possíveis sucessores do técnico - os portugueses Jorge Jesus e Paulo Sousa são dois deles -, mas o antigo avançado mostra-se imperturbável e garante que tem todas as condições para continuar.

"Isso não me pertuba. É perfeitamente compreensível que a imprensa faça isso. Sinto-me presente, motivado e capaz de dar a volta à situação, pois vejo que a equipa pode explodir. Precisamos relançar-nos depois do que fizemos mal, a começar já amanhã frente ao Chievo. Eu também tenho espírito de recuperação", afirmou Montella na conferência de imprensa de antevisão do encontro da 10.ª jornada.

A visita desta quarta-feira a Verona para defrontar o Chievo poderá, assim, ser decisiva para o futuro do técnico rossonero. "Faz parte do meu trabalho saber lidar com os momentos negativos. É difícil, mas não vi nenhuma equipa que tenha jogado os últimos três jogos melhor do que nós. Temos obrigatoriamente de dar a volta à situação", acrescentou o treinador do Milan, de 43 anos.

Montella falou ainda do português André Silva, contratado no passado verão ao FC Porto por 38 milhões de euros mas que continua sem marcar qualquer golo na Serie A, tendo sido utilizado em apenas quatro jogos (três como titular) no campeonato italiano - ao invés, o avançado marcou contabiliza seis remates certeiros em sete encontros na Liga Europa.

"André Silva fez um bom início da época. Tem apenas 21 anos, chegou de um campeonato completamente diferente. Ainda não conseguimos implementar, de forma contínua, um estilo ofensivo", lembrou o técnico italiano, desvalorizando o escasso rendimento dos muitos reforços, designadamente no ataque: "Não creio que seja por causa da pressão sobre eles, pois quem enverga esta camisola sabe que as expectativas são sempre altas."
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

M