Palermo: o histórico clube italiano que 'desapareceu' para fundar-se no quarto escalão

Pastore, Dybala, Cavani, Luca Toni e Miccoli foram alguns dos jogadores vestiram a camisola siciliana

• Foto: Twitter

O Tribunal de Palermo decidiu, esta sexta-feira, declarar oficialmente o 'desaparecimento' do histórico US Città di Palermo como clube, apesar do emblema siciliano ter-se fundado novamente como SSD Palermo e estar atualmente a competir no quarto escalão de futebol italiano.

Andrea Zamparini, ex-proprietário do Palermo, é um dos principais acusados pela insolvência do clube que atualmente possui uma dívida de mais de 50 milhões de euros. A acusação solicitou ainda que o crime por falência fraudulenta fosse atribuído os presidentes que dirigiram o clube desde 2014.

Fundado em 1900, o US Palermo tinha 109 anos de existência e, em julho da presente temporada, deveria estar a disputar a Serie B - segundo escalão italiano -, mas os problemas financeiros assolaram o clube, que teve de iniciar um novo ciclo. 

Javier Pastore, Paulo Dybala, Edison Cavani, Luca Toni e o ex-Benfica Fabrizio Miccoli foram alguns dos jogadores vestiram a camisola siciliana.

Por Sérgio Magalhães
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.